Notícias

Ortodontistas esclarecem dúvidas sobre saúde bucal no Bem Estar Global

Segunda, 07 de Maio de 2018

Cinco ortodontistas filiados à Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABOR Goiás) vão participar do Bem Estar Global, na próxima sexta-feira (11), das 8 às 12 horas, na Praça Cívica, em Goiânia (GO). Os profissionais orientarão o público sobre os caminhos para garantir um sorriso saudável. A expectativa é de pelo menos duas mil pessoas participem do evento organizado pela Rede Globo em parceria com Serviço Social da Indústria (Sesi). O Bem Estar Global oferece serviços de saúde e de qualidade de vida gratuitos.

Presidente da ABOR Goiás, Luciana Gonzaga, alerta que os cuidados especiais com a saúde bucal começam nos primeiros dias do bebê. “O aleitamento natural ajuda a projetar para a frente o queixo do bebê, que, em geral, nasce posicionado mais para trás. Ao mamar no peito, a criança também aprende a respirar pelo nariz e a posicionar a língua”, explica.

Durante a infância e adolescência, determinados hábitos podem levar à maloclusão dentária, como chupar o dedo ou chupeta, assim como as alergias frequentes. “Pacientes que sofrem com alergias (rinites) ou tem adenoides e amigdalas hiperplásicas (grandes), normalmente têm dificuldade em respirar pelo nariz, prejudicando todo desenvolvimento da arcada superior que pode levar os dentes a ficarem ‘encavalados’, por não ter espaço adequado para irromperem (nascerem)”, afirma Luciana Gonzaga.

Ao menor sinal de problemas na arcada dentária é recomendável consultar um especialista em Ortodontia, especialmente após os 6 anos de idade.

 

O QUE OBSERVAR EM SEU FILHO:

1.  RESPIRAR PELA BOCA

Observe se seu filho respira pela boca. Os respiradores bucais tendem a ter os dentes projetados para fora, o que pode ocasionar fraturas de dentes em caso de queda. Quem respira pela boca também corre risco de sofrer alterações ósseas na face e na arcada dentária, com eventuais problemas na mordida.

 

2.             PERDA PRECOCE DOS DENTES DE LEITE

Remover os dentes de leite, antes do período natural da queda, pode ocasionar desarmonia nos demais dentes decíduos, podendo atrapalhar o “nascimento” dos dentes permanentes, além de causar distúrbios na fala e prejudicar o posicionamento correto da língua. É preciso valorizar o dente de leite para não ter problemas de oclusão no futuro.

 

3.             USAR CHUPETA OU CHUPAR O DEDO

Esses hábitos podem levar à má oclusão dentária. Em determinados casos podem ocasionar a mordida aberta (quando o dente de cima não toca o de baixo), a mordida cruzada (quando alguma parte da arcada dentária superior – maxila - se encaixa por dentro da arcada inferior - mandíbula) e a projeção dos dentes para fora.

 

Serviço:
Bem Estar Global

Data: 11/05 (sexta-feira)
Local: Praça Cívica, Goiânia (GO)
Horário: 8 às 12 horas
 

Informações para imprensa
Oficina de Comunicação: (62) 3225.4899
Warlem Sabino: (62) 9 9646.9037